Fitoterapia Chinesa

A Fitoterapia, literalmente terapia através das plantas, é conhecida na China há quase 3000 anos, época em que os livros eram escritos em pergaminhos, casco de tartaruga e seda.

Na época da última dinastia Han (25-220 dC), quando os clássicos foram compilados, surgiu a Matéria Medica Clássica do Esposo Divino e Discussões de Desordens Induzidas pelo Frio (Shang Han Lun) de Zhang Zhong Jing, os quais são as fontes de todas as prescrições utilizadas até hoje.

O povo acreditava na sua habilidade de observar e entender a natureza, a saúde e a doença eram objetos dos princípios da ordem natural.

O universo é composto de várias forças: a complementaridade oposta do Yin e Yang e os Cinco Elementos. O microcosmo humano é a miniatura destas forças.

No Shang Han Lun o autor separa as agressões externas (vento, frio, calor, umidade, secura) dos fatores internos (alegria, medo, raiva, melancolia, preocupação) como causas das doenças. Ele distingue as energias que causam perturbações das infecções por penetração de um agente nocivo.

O respeito à milenar tradição da Fitoterapia Chinesa fez com que as fórmulas utilizadas hoje fossem as mesmas da Dinastia Han. Estas Fórmulas Magistrais encontradas nos livros em diversos idiomas são utilizadas e estudadas em quase todos os países. No Japão, desde 1950 o Ministério da Saúde Japonês reconhece 148 destas fórmulas como de utilidade pública.

Na fitoterapia chinesa, não se pensa em cura mas sim em equilibrio, pois o organismo busca a auto-cura. Para isto precisamos desestagnar algumas energias paradas, como no caso da TPM - que para medicina chinesa é estagnação do sangue e a pessoa necessita de ervas, que aqueçam e melhorem a circulação do sangue, principalmente naquela parte do corpo.

O mais importante é suprir o que o corpo necessita naquele momento:

Seja um Tônico para aumentar a energia de um organismo com falta de CHI (energia), ou uma fórmula para sedar e ajudar a dormir melhor, restaurando esta energia, ou ainda um Tônico de Sangue, por que a pessoa não esta se alimentando direito. Tudo isto pode ser visto, num diagnóstico chinez, de pulso e de lingua ou no diagnóstico japonês do Hara. Se você fornece o que o organismo esta precisando, a pessoa fica em seu melhor estado, com a mente clara, alegre e com energia. Fora deste estado está o desequilibrio, pois saúde é bem estar.

Devemos conservar o que se tem de mais precioso: O corpo, a Energial Vital dentro do corpo, o Sangue (principalmente as mulheres, pois possuem Deficiência de Sangue, por causa de partos e menstruações, etc) e a mente tranquila. Por isso a maioria dos fitoterápicos são de carater preventivo. A idéia é não deixar o corpo adoecer.

A Fitoterapia Chinesa é como a alquimia, para se fazer uma fórmula é preciso conhecer as capacidades energéticas, curativas e sinérgicas das ervas, ou seja, a interação de uma planta com as outras. Na formulação Chinesa existe uma erva Imperador, que vai determinar a ação da fórmula, as ervas Ministros, que ajudam a potencializar a ação do Imperador, as ervas Assistentes que são necessárias para o bem estar da pessoa e cuidam do estômago para que este receba bem a fórmula, e por fim as ervas Mensageiras que levam as ervas para o local necessário.

Acreditamos que trabalhar com as Fórmulas Magistrais, que pertecem na sua maioria a Dinastia Han, seja o modo mais eficientes de se usar a Fitoterapia Chinesa.

Huang Qin

Scutellaria baicalensis (Georgi)

Locais de Ação:

Pulmão, Vesícula Biliar, Coração, Estomago e Intestino Gross

Propriedades:

Amarga e Fria

Ver mais...

Últimas Notícias

Fórmulas Magistrais para se viver melhor

Revista Valentina

09 de Setembro de 2009

A terapia que veio do Oriente há 3.000 anos. Há mais ou menos 20 anos, Magali Lobosco saiu de Nova Friburgo e foi para um mosteiro zen-budista, em Ouro Preto. Ela só queria descobr...

Ler mais

Fitoterapia

Revista Sexto Sentido

20 de Julho de 2009

Considerado um dos tratamentos de saúde mais antigos da história, a fitoterapia trata os desequilíbrios do corpo de maneira natural.

Proveniente dos vocábulos...

Ler mais

Medicina Chinesa ganha livro

Ciência e Saúde - O Dia Online

10 de Dezembro de 2008

A fitoterapia fhinesa é o tema do segundo livro da fitoterapeuta Magali Lobosco. “Fórmulas Magistrais da Dinastia Han” complementa o primeiro livro – Fitoterapia Chinesa – Uma intr...

Ler mais

Livro Relaciona Fórmulas Magistrais da Medicina Chinesa

Jornal Saúde e Lazer

28 de Novembro de 2008

Fitoterapeuta Magali Lobosco lança segundo livro para profissionais de saúde. A preservação da saúde suprindo o corpo com o que ele necessita. Esta é a base dos ensinamentos da Fit...

Ler mais